Ensino híbrido: Será o novo normal da Educação?