COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: REFLEXÕES NO CONTEXTO DAS AULAS REMOTAS

Palavras-chave: Coordenador pedagógico, Educação infantil, Aulas remotas.

Resumo

Este artigo tem com o objetivo de refletir sobre a atuação de dois coordenadores pedagógicos da Educação Infantil antes e durante as aulas remotas, em virtude da pandemia da COVID-19, surgida no ano de 2020. O estudo em específico foi realizado em duas instituições da educação do Município de Caraúbas no Rio Grande do Norte, sendo uma escola da Zona Rural e outra, o CMEI (Jardim de Infância Hugulino de Oliveira) da Zona Urbana. Mediante esse período atípico não só para a educação do Município em questão, mas também, como em todo o país. Na busca em alcançarmos os objetivos, a pesquisa se embasou teoricamente em autores como: Libâneo (2001), Fernandes e Freitas (2008, p.18), Saviani (2008, p.7), Freire (1996), Placco (1994), Vasconcellos (2002, p.87), Pimenta (1991), e ainda em registros documentais oficiais da LDBEN (939/96), no Art.67. A metodologia da pesquisa é de abordagem qualitativa, em que os dados coletados se deram por meio de entrevistas, com as coordenadoras. De posse das entrevistas, foi possível detectar as dificuldades, os desafios enfrentados, e ainda, observar como as metodologias eram aplicadas e de que maneira eram alcançados os resultados, no tocante a aprendizagem dos alunos.

Palavras-chave: Coordenador pedagógico. Educação infantil. Aulas remotas.

Publicado
2021-08-27
Como Citar
Silva, A. E. da, & Costa, F. A. da. (2021). COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: REFLEXÕES NO CONTEXTO DAS AULAS REMOTAS . REVISTA FACULDADE FAMEN | REFFEN | ISSN 2675-0589, 2(2), 118 - 127. https://doi.org/10.36470/famen.2021.r2a23